Artigo 82° - Compete ao Departamento de Relações Públicas e Exteriores:

A) - Exercer as atribuições de Relações Públicas da “ASSOCIAÇÃO SUL BRASILEIRA DE SOCORRISTAS E BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS”;

B) - Ser o porta voz da Associação, sempre que necessário;

C) - Promover e incentivar as relações institucionais da Associação, com outros Setores da

Sociedade, e a maior integração com as Instituições Públicas ou Privadas, Nacionais ou

Internacionais;

D) - À orientação dos dirigentes da Associação na formulação de políticas de Relações Públicas;

E) - À informação e a orientação da opinião pública sobre os objetivos elevados da Associação;

F) - Assessoramento na solução de problemas institucionais que possam influir na posição da

Associação perante a opinião pública.

G) - O planejamento e execução de campanhas de opinião pública;

H) - O ensino de disciplinas específicas ou de técnicas de Relações Públicas.

I) - Propor políticas e formas de ação para os programas de cooperação internacional, de bolsas de estudo, captação de recursos logísticos, financeiros no exterior;

J) - Propor a realização de estudos e programas na área internacional para o aprimoramento das atividades da Associação no tocante à formação de recursos humanos de alto nível, no sistema de desenvolvimento cientifico e tecnológico;

K) - Opinar sobre acordos de cooperação entre a “ASSOCIAÇÃO SUL BRASILEIRA DE SOCORRISTAS E BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS” e instituições estrangeiras;

L) - Criar novas Divisões, Seções, Setores com o objetivo de otimizar os trabalhos do

Departamento.

M) - Indicar associados para assumir as novas Divisões, Seções, Setores criados dentro do

Departamento e supervisionar suas atividades;

N) - Executar outras atividades atribuídas pela Diretoria Executiva, desde compatíveis com os fins do Departamento.

Atual Diretora do departamento de relações públicas e exteriores da Associação Sul Brasileira  de Socorristas e  Bombeiros Voluntários, nos termos da lei: 9.608 de 1998, dando inteira competência conforme estabelecido no estatuto legal da instituição, seu descrito artigo: 83;

 

departamento de relações públicas e exteriores

departamento de relações públicas e exteriores

Prof. Dr. Eduardo Jurado CJ -   Advogado.
 
                                          Educação frequentada: Colégio Nac No. 7.   Bachelor "Juan Martin de Pueyrredón" (1985)
                                          UBA University Bacharel em Direito (1993)
                                          Advogado UBA-   (1994)
                                          Assistente UBA-Ensino (1995)
                                          PFA-Escola de Cadetes "Col.   Ramón L.Falcón ": Professor (1995)
                                          PFA, Formação Inst.Universitario-   Professores (1995)
                                          JUDICIÁRIO PCIA.DE BS.AS.- Instrutor Judicial   (1998)
                                          USAL-Mestre (2001)
 

 

 

Histórico:

Administrativo: UBA-FCEyN   (1986). Processar Instructor (1991)
profissionais:     UBA-FCEyN   (1994). Counsel (1995)
ENTE UNICO   REGULADOR DE SERVIÇOS PUB. CIDADE AUT. DE BS.AS . (2000)
Academics: Ensino   UBA.FAC.DE RIGHT "Dcho.de Navigation" (1995-1997).
Professor de Dcho.Procesal Criminal. POLÍCIA FEDERAL ARGENTINA - ESC.DE CADETES  "CNL RAMON L.FALCON" (1995-1996).
Número Académcio, Coordenador Geral Belgraniana ACADEMIA DE ARGENTINA   (2015).
Professor de Dcho.Administrativo.USAL.FAC.DE CS.JURÍDICAS (2001-2007).
Professor Chair in civismo-ET No. 31 "Maestro Quinquela (2008).
instituições:
BAIRRO DE ASSOCIAÇÃO FRANCIISCO CARBONARI, bombeiros voluntários DEVOLVER  ROCHA Sub-Comandante (Advogado) (2003).
FUNDACO (FUND.PARA DEFESA E CONTROLE DA COMUNIDADE ANIMAL), a ONG membro da Royal Society   PARA A PREVENÇÃO DA Crueldade contra os Animais (UK), Coordenador do Denunicas Grl por violação da Lei Criminal No. 14.346. (2009-2014).
CIVIL ASSOCIAÇÃO DOS CAVALHEIROS, SANTA   MARIA   BUENOS AIRES, Cavaleiro da Graça Magistral. (2014).
SUL Associação Brasileira de socorristas Bombeiros E   VOLUNTÁRIOS, SC-Brasil.; Director do Departamento de Relações Públicas fazer e Estrangeiros (2016).
Cursos de aperfeiçoamento profissional: -Council Liberdade Assistida Programa NAC.DEL Crianças e Famílias (1996).
Acidentologia e balística-UCS-GN   (1998).
Dcho.del Sport-CALM (1999).
Imperícia, médica e jurídica GROUP Aspectos-MASTER ARG. (2000).
Utilitários e usuário Protection-UBA-FAC.CS.ECONOMICAS (2001).
Dcho.de consumidores e utilizadores de cidade legislador AUT.DE BS.AS. (2001).
aspectos ambientais relacionados com a legislatura portenha Serviços Públicos AUT.DE BS.AS. (2001).
Profesional.Consentimiento responsabilidade Informado-UBA-FAC.DE ODONTOLOGIA (2002).
As tendências atuais na América Latina-CPACF Criminologia (2004).
Violência e Sociedade Contemporânea-CENARESO (2005).
Violência Vai à Escola-UMSA (2005).
seminário Sobre   Impossível / possível no know-how Preventiva-CENARESO (2005).
Seminário sobre Saúde e Influências Legal-FACA (2005).
Novo Regime Jurídico da Proteção Integral dos Direitos over. de Crianças e Adolescentes Lei nº 26.061-DGN-MINIST.PUB.DE DEFESA (2005).
Conversas -CENARESO Clínicas (2005).
Queda de Pais e CENARESO   (2006).
A gestão de Urgência-CENARESO (2006).
Conversas psicanalíticas de Histórias Clínico-CENARESO (2006).
Lacan com Borges, leguaje, lógica e intervenções clínicas de CENARESO (2007).
Novas formas de psicoses-CENARESO (2008).
Tempo, História e clínico-CENARESO   (2009).
O fracasso da Excma.CORTE SUPREMA CORTE DA NAÇÃO, no caso: .Alcances "Arriola" e limites-CENARESO (2009).
Responsabilidade Social: Criador do projecto de Lei de Reforma Nº14.346 atual Criminal (Proteção Animal), a partir de um ponto de vista legal (punitiva), mas a interação   com outros ramos do conhecimento - a sociologia, a antropologia, a Sociedade psicología.etc- e Meio Ambiente, promovendo e enriquecendo as ligações obsoletos de Man, com quem co habitam nosso planeta; educar em valores e respeito à vida e à integridade daqueles que seguem a evolução, sem danos; bem como promover o desenvolvimento eo intercâmbio cultural, através da comunicação, como um meio de alcançar maior     transmutando a consciência e ir, ergo, eliminando sentimentos destrutivos, que abriga a mente humana mais primitiva na sua parte límbico.

 

Diretor Geral do departamento de Relações Públicas e Exteriores da Associação Sul Brasileira  de Socorristas e  Bombeiros Voluntários e da Aliança Internacional, nos termos da lei: 9.608 de 1998, dando inteira competência conforme estabelecido no estatuto legal da instituição em seu descrito artigo: 82; 

 


gallery/4ab30c6836b0ab02a826d8d0d102c509